Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Ciência

UFTM vai à Praça Rui Barbosa no Dia C da Ciência

Publicado: Quarta, 25 de Outubro de 2017, 14h20

Uma das atividades da UFTM realizadas no Dia C da Ciência foi levar amostras do que a Universidade produz em relação a empreendedorismo, inovação e tecnologia para a Praça Rui Barbosa, no Centro de Uberaba. As Empresas Juniores, o Núcleo de Inovação Tecnológica, a equipe Zebu Baja e o Núcleo de Empreendedorismo apresentaram seus trabalhos para a população.  Também foi montado um espaço no coreto para exibição de vídeos institucionais, além de vídeos produzidos por alunos de iniciação científica, de pesquisadores da UFTM sobre a ciência que produzem. Um documentário sobre o Complexo Cultural e Científico de Peirópolis, lançado hoje, esteve entre as exibições.

O protótipo do projeto de extensão universitária Zebu Baja chamou a atenção de quem passava pela praça. “Eu vi e achei diferente porque eu nunca tinha visto um carro desses. Parei para perguntar para o aluno o que o carro fazia. Ele me explicou que é mais resistente, que pode andar na terra, que enfrenta bem obstáculos. Eu achei curioso”, disse Adriana Carvalho, vendedora. Rafael Fernandes Teixeira, aluno da Engenharia Mecânica e capitão da equipe Zebu Baja, explicou que é um veículo projetado pelo grupo de alunos para qualquer tipo de terreno, capaz de suportar muitos obstáculos, como pedras, troncos e rampas. Essa interação é importante para divulgar nosso projeto, tentar mudar a concepção de carrinho e apresentar o que realmente significa o projeto de extensão Baja para a comunidade. É importante estimular esse contato com a Universidade e a participação em projetos de extensão”, comentou Rafael.

Adriana recebe explicações do capitão do Zebu Baja
Adriana recebe explicações do capitão do Zebu Baja

 

A observação do capitão foi endossada por Aline Cristina Souza, técnica em segurança do trabalho e vigilante. “Achei que era para corrida de kart, mas não. É bem diferente, o motor é diferente, muito interessante. É importante esse movimento de aproximação com a comunidade porque é interessante divulgar as coisas da Universidade, principalmente o que a Federal faz para a população. Eu gostei muito”.

Aline observa o veículo
Aline observa o veículo

O evento atraiu um grupo da Escola Estadual Fidelis Reis. As crianças do 4º e 5º anos da educação integral escutaram as explicações com muita atenção. Mas a curiosidade de Ingrid da Silva, ao chegar até o Zebu Baja, levou-a a experimentar um pouco mais do projeto. Sentar no lugar do piloto para a aluna do 4º ano foi aprendizado com muita emoção. “Eu achei muito legal, muito participativo. Mas o que eu achei mais legal é que a gente pode fazer perguntas. Eu acho muito legal mostrar para as crianças o que acontece na universidade e principalmente o carro. Deu medo, mesmo assim eu entrei. Eu achei a pintura diferente. Nunca tinha visto carro desse jeito, com as rodas para fora”, contou a criança.

Ingrid entra no Zebu Baja
Ingrid entra no Zebu Baja

A professora Reinilda Costa também se impresisonou. “Antes de chegar, eu esperava que ia olhar os banners e ouvir as explicações dos alunos. A recepção que tivemos foi muito boa e agradeço. Vi aqui um trabalho diferenciado dos estudantes das engenharias e das empresas juniores da Universidade. Ter a oportunidade de trazer meus alunos aqui foi ímpar. Eles estão adorando e eu também!”

Marcela Barbosa, aluna integrante da empresa júnior Innovare, do curso de Psicologia da UFTM, analisa a importância dessa troca com a comunidade. “As pessoas costumam ter a imagem de que a psicologia é só na clínica e poder mostrar que a gente empreende, que também estamos dentro das empresas e podemos colaborar com  a população é muito importante. Acho que é bom aproximarmos mais da comunidade porque às vezes o conhecimento do que produzimos fica restrito à academia. Há um investimento da população na universidade e quando podemos mostrar que trabalhamos e produzimos para ajudar na economia, na cidade, a população, mostrar que esse conhecimento é muito rico, então essas oportunidades são únicas e muito importantes”.

Marcela apresenta a Innovare
Marcela apresenta a Innovare

O objetivo está afinado entre os realizadores do evento. Fábio Garcia, coordenador da Incubadora Impulso e responsável pelas atividades do Dia C da Ciência na Praça Rui Barbosa afirma que é missão da Universidade sempre estar presente na comunidade. “Temos que aproveitar esse dia para mostrar para a população que o que nós fazemos está diretamente ligado ao dia a dia dela e pode mudar sua vida, seja pesquisa na área de saúde, humanas ou exatas. E que as pessoas também podem participar da pesquisa, como agentes ou beneficiados. Estamos abertos e dispostos a servir o público que é a nossa função”, concluiu.

Fábio Garcia, coordenador das atividades na Praça Rui Barbosa
Fábio Garcia, coordenador das atividades na Praça Rui Barbosa

 

Fotos: Débora Lima/ UFTM

 

Acesse a galeria com as fotos do Dia C da Ciência da UFTM - Clique aqui

0
0
0
s2sdefault
Fim do conteúdo da página