Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Histórico
Início do conteúdo da página

 

Histórico

A Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) é uma Autarquia, vinculada ao Ministério da Educação (MEC). Fundada como Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro, foi autorizada a funcionar  mediante o Decreto nº  35.249 de 24 de março de 1954  e  federalizada pela Lei nº 3.856 de 18 de fevereiro de 1960.

Com  sede na cidade de Uberaba-MG,  e com um campus no município de Iturama-MG, a UFTM é uma Instituição de ensino com vocação para formar cidadãos cientifica e humanisticamente competentes para os exercícios profissionais e capazes de intervir no meio em que vivem, contribuindo para a transformação da realidade socioeconômica, cultural e técnico-científica da região, do estado e do próprio país.

Tradicionalmente reconhecida pelo ensino de ponta na área da saúde, a UFTM ampliou a oferta de cursos para outras áreas do conhecimento e atualmente conta com um alunado de aproximadamente 6.996 alunos, sendo 5.731 nos cursos de graduação, 938 nos cursos de pós-graduação e 327 alunos da educação profissionalizante.

Sua organização e funcionamento são regidos pela legislação federal, por seu Estatuto, Regimento Geral e por normas complementares.

(Dados atualizados em dezembro/2016/Proplan)

 

 Referências Cronológicas:

1953    Fundação da Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro - FMTM
1954    Autorização de Funcionamento da Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro
1960    Federalização da Escola de Medicina
1972    Transformação da FMTM em Autarquia Federal
1982    Inauguração da sede do Hospital Escola
1990    Implantação do Centro de Formação Especial de 2º grau em Saúde - CEFORES
2005    Transformação em Universidade Federal do Triângulo Mineiro- UFTM

2007    Aprovação do Estatuto

2007    Inauguração da Unidade II –  Centro Educacional

2009    Inauguração da Unidade III – Univerdecidade

2010    Aprovação do Regimento Geral

2015    Criação do Campus Universitário de Iturama


Missão:

A UFTM tem por missão:
 “Atuar na geração, difusão, promoção de conhecimentos e na formação de profissionais conscientes e comprometidos com o desenvolvimento sócio-econômico, cultural e tecnológico, proporcionando a melhoria da qualidade de vida da população”.

 

 

Fim do conteúdo da página